Archive for the ‘Reportagens’ Category

As folhas caídas nos passeios. A mistura de tons avermelhados, amarelos e as cores intensas do laranja e o castanho fazem-nos lembrar que o Outono já chegou. O fresco pela manhã e o final da tarde já nos fazem vestir um casaco mais aconchegante. Mas mais do que isso, aqui na Suíça é o início […]


O advento já chegou e com ele trouxe muita vontade em ajudar. Os voluntários do Centro de Apoio ao Sem Abrigo (CASA) percorrem todas as noites, as ruas da capital. Há cerca de 700 sem abrigo que se aconchegam todas as noites, na calçada lisboeta. São cerca de 500 voluntários que, quando o sol se […]


Fuja da rotina por um dia. Experimente ser vegan por 24 horas na cidade Invicta e sinta a frescura de todos os aromas naturais e biológicos. Hoje damos-lhe a conhecer os cantos adequados para a hora de cada refeição. Deixe o leite no frigorífico, os cereais na despensa e encoste a porta. Hoje o pequeno-almoço […]


Pode até passar despercebida na luz do dia, mas na escuridão da noite, ninguém fica indiferente às luzes do número 207, da rua da Formosa, no Porto. O girar do carrossel, a melodia de encantar que a caixa de música dispara suavemente fazem parar quem ali passa. Mesmo quando a noite já vai alta. Caixas […]


Livraria Lello & Irmão Foi considerada pela Lonely Planet como a terceira melhor livraria do mundo. A Lello é uma instituição no Porto e visita obrigatória para quem vem de fora. Faz 104 anos para a semana. Susana Cruto (texto) folheia algumas páginas das suas histórias. Nelson Garrido assina as fotografias Entra-se e há livros…muitos […]


Natal rima com chocolate, toda a gente sabe. E Susana Cruto sabe onde estão os melhores e mais doces lojas da Invicta. Mas não guarda segredo: Bonitos, Arcádia e Equador têm delícias para todos os gostos. Paulo Pimenta fotografou. Nas ruas, as luzes coloridas não deixam dúvidas que o natal chegou. Com ele trouxe cheiros […]


São testemunhos reais e capítulos marcantes. Eles estão atados a uma cadeira de rodas e não têm total mobilidade. A acessibilidade é proibida em vários sentidos. Não é interdita na esquerda nem na direita. Nem está assinalada com o sinal vermelho. É mais que isso. Chega antes da palavra acessível e depois de acessão. Pela […]