Júbilo nas montanhas

05Ago13

“Na escola da vida, não há férias,” já conhece o provérbio. Mas os dias de folga são sagrados. E agora que o Verão chegou, o calor convida a diferentes ideias.

IMG_3834

Em Portugal os dias de folga são habitualmente ao fim-de-semana e os amigos e a família juntam-se para dois ou três dedos de conversa, ou um chá ou até mesmo um café na esplanada. O Verão já chegou e as temperaturas fortes convidam a um bronze perfeito. Mas há quem prefira os passeios pela cidade e o descanso no doce lar. No hotel City Oberland, em Interlaken, Lurdes Santos é chefe de ‘service’ e normalmente tem folga aos fins-de-semana. Vive cá há 24 anos e aproveita os dias para descansar e passear. Nos meus tempos livres normalmente não há nada de stress, para isso já chega a profissao que faço..mas normalmente passo os dias com as filhas em casa. Também gosto de ir às compras e passear”, relata. O azul claro do lago convida a umas braçadas mas nem todos tomam a coragem de nadarem em lagos. Mas Lurdes prefere lago a piscina, porque adora o sol e a natureza. Aproveita os dias também para fazer compras nas cidades de Berne, Luzern, Thun ou até mesmo Zurique.“Para mim não há dia ideal de folga. Seja que dia for é bom. É uma questão de hábito e ao fim de tanto tempo digamos que durante a semana até é melhor devido aqui na Suíca estar praticamente tudo fechado ao fim de semana. O melhor dia de folga seria sim em familia e comer fora, não sempre mas regularmente”, sublinha.

Há quem se dedique ao desporto durante os momentos fora do trabalho. José Carlos Mateus tem 42 anos e é empregado de construção civil na firma ‘Burn und Künzig Ag- Adelboden’. Além do trabalho que já o desgasta todos os dias, José ainda é treinador de futebol junior no FC Spiez desde 2006. Normalmente folga ao Sábado e Domingo e num destes dias geralmente há jogo para realizar. “Nos meus dias de folga além de ter que fazer os deveres de casa e aprontar a próxima semana de trabalho,tento passar algum tempo com a família e sempre que haja um bom jogo de futebol ou outro desporto aqui na zona, adoro ver”, comenta. Gosta de piscina e de lago. Mas confessa entre risos: “Gosto de olhar para ele, mas não gosto de tomar banho. Costumo frequentar alguns centros Portugueses como a Associação Desportiva Portugueses de Interlaken, Centro Português Lusitanos e outros”. Muitas vezes prefer jantar ou almoçar fora, não só nos centros portugueses, como em restaurantes suíços. Gosta de passear e descobrir novos lugares. “Passear para mim todos os locais na Suiça parecem ser maravilhosos,mas não tenho muito tempo para o fazer e quando tenho bastante tempo prefiro matar as saudades do nosso Portugal. Mas o ideal dia de folga é sem duvida o Domingo,sossego e em casa com a familia”, sustenta.

Engane-se quem pensa que a Suíça é só montanhas e neve. Há muito por descobrir e os dias de folga são ideias para conhecer o país com que lidamos diariamente. Todos aproveitam os dias de folga da melhor forma, mas também é importante repor energias e repousar alguns momentos. Pode não ser o sol da Caparica, mas há sempre boa disposição para fugir ao trabalho e relaxar numa esplanada acompanhados por um fino ou por uma imperial. Não se esqueça dos óculos -de -sol.

Lazer em ideias:

Museu fresco

Para um dia em cheio com a família o melhor lugar está em Brienz, mais precisamente no museu aberto Ballenberg. A entrada custa 22chf e há muito por descobrir e aprender. O ideal é pegar na lancheira e fazer um piqueninque nos longos espaços verdes que este parque oferece. Contém quase 100 edificios originais de toda a Suíça e há muitos jardins históricos por apreciar. As demonstrações de artesanato são para toda a família e os 250 animais de capoeira nativos estão há espera da visita. Ballenberg cria uma impressão vívida da vida rural em tempos antigos. Uma experiência para toda a família, incluindo o animal de estimação.

Mergulhos com adrenalina

Que tal mergulhar e nadar com um cenário verdejante acompanhado por uma adrenalina peculiar? Na piscina de Spiez, mais concretamente Freibad pode fazer de tudo um pouco. Pode saltar de uma altura de 1 a 3 metros ou utilizar mesmo a piscina de mergulho. Se deve treinar para as competições tem à sua disposição uma piscina de 50 metros com oito pistas. Divirta-se no slide de 86 metros. O desporto está em toda a parte. Experimente o mini golfe e o ténis de mesa. Mas também não deixe de fazer uns serviços no campo de voleibol. Deixe a noite chegar, porque a iluminação deste espaço é emblemática. Aproveite para beber uma refresco com um cheirinho de álcool, mas só um cheirinho…antes de regressar a casa.

Caminhada de encatar

Para quem é amante das caminhadas, não pode deixar de fazer um percurso de encantar. Apanhe o comboio histórico em Wilderswil, com destino a Schynige Platte. Durante uma hora pode observar a pela paisagem sobre Interlaken e não só. Pode ouvir o som das vacas que estão sempre bem dispostas pela manhã. Chegue a Schynige Platte, tome um pequeno-almoço reforçado e aventure-se na longa caminhada até First. São cerca de 6 horas, mas o passeio é mágico. Acredite.

Bowling

Mas para quem não é adepto das caminhadas ou até mesmo das águas da piscina ou dos lagos tem sempre em Interlaken um espaço para passar uma bela tarde, ou manhã ou até mesmo noite de Verão. Juntar os amigos e jogar umas pesadas bolas nos pinos de madeira. Os preços rondam os 6,50 chf e os 8 chf. Tudo depende das horas que quer aventurar-se na pista.

In Gazeta Lusófona Agosto 2013



No Responses Yet to “Júbilo nas montanhas”

  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: