Água aos elefantes

11Maio11

Uma história de encantar, onde os elefantes nos deixam a pensar.
O drama é baseado no best-seller de Sara Gruen e já foi traduzido para mais de 40 idiomas. Na época do lançamento, em 2006, esteve na lista dos mais vendidos do New York Time. Com a recente chegada do filme voltou a ocupar a mesma posição.

Depois de ‘Constantine’, ‘I am Legend’, Francis Lawrence arriscou no drama. E foi um bom risco. A história tem por base a Grande Depressão (1929 – 1936). O protagonismo centra-se em JacobJankowski (Robert Pattinson), um simples estudante de veterinária que devido à crescente crise económica é obrigado a abandonar os estudos.Com as aulas práticas com animais, Jacob aproveita para subir ao comboio que lhe vai mudar radicalmente a vida e ensinar-lhe tudo o que deixou para trás. Associa-se ao Circo dos Irmãos Benzini, um circo ambulante em decadência onde conhece Marlena (Reese Witherspoon), um dos maiores atractivos femininos do show e mulher do carismático August (Christoph Waltz), o instável director do circo.

É curioso vermos a estrela de Legalmente Loira, a brilhar em cima de um elefante e encantar o coração de Jacob Jankowski. As interpretações são bem conseguidas e é interessante ver as cenas de Christoph Waltz. Depois de ter interpretado o papel do exigente Hans Landan, em ‘Inglorius Basterd’, Waltz dá agora a vida a August, um homem igualmente rigoroso, mas que deixa-nos atentos a todos os minutos da sua prestação. Cria suspense.

Antes de Robert Pattinson ser escolhido para viver Jacob Jankowski, os actores Channing Tatum, Andrew Garfield e Emile Hirsch fizeram testes para o papel. Mas há outra curiosidade, o actor Sean Penn chegou a ser chamado para o filme, mas desistiu do projecto e Christoph Waltz entrou no seu lugar.

É de realçar a fotografia fantástica ao longo de todo o filme. A banda sonora encaixa-se na perfeição. E não podemos deixar de focar a direcção de arte que brilhou com a reconstrução dos elementos cénicos dos circos dos anos 30.

Um filme com momentos encantadores, assustadores e acima de tudo, curiosos. Um filme que não cansa e que deixa o espectador colado ao ecrã até ao último minuto. Apesar de não ser o foco do filme, alguns temas e importantes são abordados, como o abuso contra animais, a dominação e violência contra a mulher, o idoso na sociedade, entre outros.



No Responses Yet to “Água aos elefantes”

  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: