Pare, Escute, Olhe conquista DocLisboa

10Jun10

O documentário sobre o encerramento de uma parte da linha ferroviária do rio ‘Tua’ de Jorge Pelicano encantou no dia 25 de Outubro o júri do DocLisboa 2009,  em Lisboa.

‘Pare, Escute e Olhe’ levou para casa, três prémios: prémio Tobis para melhor longa-metragem, prémio para melhor montagem e prémio IPJ Escolas para melhor filme da competição portuguesa. “Quando se ganha um prémio no DocLisboa uma pessoa fica de tal maneira anestesiada de felicidade que nem pensa no assunto. Mas agora que já “aterrei” confesso que foi muito bom para mim e para toda a equipa que participou no projecto. Soube da notícia quando estava em Seia, no Cine Eco. “Voámos” para Lisboa para receber 3 prémios e depois regressámos a Seia para receber mais…3 prémios. Foi incrível e inesquecível”, descreve o realizador orgulhoso. E acrescenta ainda definindo o documentário em 5 palavras: “Reflexão, revolta, pessoas, património e identidade.”

Na competição internacional, o Grande Prémio Cidade de Lisboa para melhor longa-metragem foi atribuído ao documentário ‘Petition’ de Zhao Liang. O prémio CGD para melhor primeira obra foi atribuído ao documentário ‘October Country’ de Michael Palmieri e Donal Mosher que expõe a violência disfarçada na sociedade americana. Já o documentário ‘Mirages’ de Olivier Dury foi distinguido como melhor média-metragem e ’10 min’ de Jorge Léon como melhor curta-metragem. Na categoria investigações, o Prémio SIC Notícias para melhor documentário de investigação foi para ‘The Revolution that wasn´t’ de Aliona Polumina que evidencia a queda das ideologias humanistas da ex-União Soviética.

Cerca de 20 jovens voluntários participaram neste projecto sem parar a realizar tarefas distintas todos os dias. Luís Martins, coordenador dos voluntários, dedicou-se totalmente ao seu trabalho. “A produção tornou o meu trabalho um prazer e todos os voluntários foram responsáveis com as suas tarefas. Penso que em 10 dias de festival não houve uma única situação que não fosse resolvida rapidamente e por isso estou muito contente com a participação dos voluntários”, conta o coordenador.

A sétima edição do festival internacional de cinema documental acolheu durante dez dias, 31.260 espectadores, na Culturgest e nos cinemas São Jorge e Londres, em Lisboa. Mais de duzentos documentários foram exibidos e várias sessões esgotaram em curtas horas. “Em Outubro todo o mundo cabe em Lisboa”, afirma Nelson Lopes, membro da produção do evento.

O DocLisboa 2010 já tem data marcada para 14 a 24 de Outubro.

(uma notícia escrita para uma cadeira de mestrado Novembro 2009)



No Responses Yet to “Pare, Escute, Olhe conquista DocLisboa”

  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: