O feminino no Hip Hop

10Jun10

Nos dias de hoje a música é companheira diária de todo o ser humano. Todos nós ficamos sempre com uma melodia no ouvido, ou ouvimos na rádio, ou porque o nosso companheiro estava a cantar essa canção e nós ficámos com ela na memória. Em todos os lugares que percorremos somos recheados de diversos tipos de baladas, umas mais sossegadas outras mais impetuosas, mas todas elas têm uma certa beleza dentro delas. O Hip Hop é um estilo de música que alicia muito os jovens de hoje em dia. As pequenas frases, com diversas palavras são, no entanto uma forma musical que se formou com a chamada “simples batida”. Muitas são as estrelas que invadem o mundo do hip Hop, mas a maioria distingue-se no mundo masculino. No entanto, existem ainda algumas mulheres que ainda se salientam neste meio. A questão que muitos se debatem, é saber qual o porquê da não aderência das mulheres ao Hip Hop. O Hip-Hop é algo que nos permite exprimir aquilo que sentimos e transmitir através da música às pessoas a maneira como vemos o mundo em que vivemos, normalmente a mulher tem uma visão demasiado “cor-de-rosa” do meio que nos envolve, enquanto o homem consegue separar de uma maneira melhor e mais clara a barreira do sentimentalismo e da realidade, conseguindo expor perfeitamente tudo aquilo que nos rodeia. A mulher é muito ligada a sentimentos, a factos e tem tendência para demonstrar tudo o que lhe vai no pensamento, através de movimentos, sílabas e ritmos. De certeza, que diferentes talentos estão por aí por descobrir, mas alguns não se querem denunciar, com medo de talvez serem “rejeitados” no mundo musical. Rejeição não será o termo mais adequado, mas o sentimento de ser melhor ou pior que o outro acaba sempre por atingir a personalidade de cada um. Se a fama entra na vida dum ser, a personalidade dessa pessoa acaba sempre por mudar um pouco. Isto porque, essa pessoa tem sempre tendência para sentir superior a aos outros, o que acaba por estragar a pessoa que está dentro daquele indivíduo. Por outro lado, se um talento não é avaliado com alguma vivacidade, e é digamos desprezado, a frustração invade aquela pessoa e desiste do mundo do Hip Hop. Hoje em dia este estilo de música, mais ouvido pelos jovens, demonstra que há problemas muito graves que têm de ser resolvidos e encarados de forma séria e, já que para a maioria, ver telejornais e ler jornais informativos não interessa muito é como uma maneira mais fácil e alternativa de chegar a esta faixa etária. Temos de descobrir os talentos que estão escondidos. Saber apreciá-los e não espezinhá-los se não forem o nosso estilo, mas sim tentar observar a beleza que neles está contida.

(um artigo escrito na altura da EPCI (Escola Profissional de Comunicação e Imagem) Abril 2006



No Responses Yet to “O feminino no Hip Hop”

  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: